Fábula do tordo e da andorinha

"Com a aproximação da chegada da Primavera, quando vêm as andorinhas, os tordos vão-se embora. Ao cruzarem-se no caminho, perguntam as andorinhas aos tordos:
-Donde vêm tordos loucos, vieram muitos e vão poucos?
Replicam estes:
- E vocês, suas "putas", vêm poucas e vão muitas."
Moral da história: Os tordos procriam nas regiões nórdicas e vêm aqui passar o Inverno, mais ameno. Como a sua estadia aqui coincide com a época da caça , muitos pagam com a vida a sua ousadia. A expressão "cair como um tordo" é disso um exemplo. Por isso vêm (ou melhor, vinham) muitos e vão poucos.
Pelo contrário, as andorinhas vêm aqui procriar. São insectívoras, úteis à agricultura. Até há bem pouco tempo, pelas nossas comunidades rurais, eram consideradas aves sagradas, as galinhas de Nossa Senhora. Ninguém as molesta(ou melhor, molestava). Por isso, vêm poucas e vão (ou melhor, iam) muitas.