O PICANÇO

Não obstante a dissemelhança, o picanço tem comportamento de ave de rapina.

Não tem canto próprio. Imita o canto de outras aves, suas presas potenciais.

Compensa a falta de garras utilizando , habilmente, os bicos das espinheiras para despedaçar as suas presas.

Constrói o seu ninho a descoberto em árvores e arbusto de pequeno porte, mas defende-o ferozmente dos intrusos.

Sem motivo aparente, já esteve desaparecido desta região. Nos últimos anos já se vêem alguns, raros, exemplares.