PENEIREIRO

   
Pequena ave de rapina que paira no ar , de cauda e asas abertas, espiando as suas presas, a altura considerável.

Depois vai descendo, por patamares, até à altura ideal para velozmente se lançar sobre elas.

Antes da introdução da águia cobreira, era a única ave de rapina diurna aqui existente.

Nunca foi, nesta zona, uma ave muito numerosa e a sua quantidade tem-se mantido mais ou menos constante.